Operação que apura desvios nos Correios encontra R$3,5 milhões na casa de investigado

Organização criminosa que superfaturava valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT)

Centro de Tratamento de Encomendas dos Correios em Benfica
Centro de Tratamento de Encomendas dos Correios em Benfica (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um total de 12 mandados de busca e apreensão expedidos em São Paulo, Praia Grande, São Vicente e Rio de Janeiro referentes à a operação Postal Off II, para desarticular uma organização criminosa que superfaturava valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT). 

Segundo reportagem do portal O Globo, na residência de um dos investigados no Rio foi encontrado R$3,5 milhões. 

A reportagem ainda informa que a investigação, iniciada em novembro de 2018 em Santa Catarina, em razão do primeiro indício de crime encontrado, mostrou a atuação do grupo em São Paulo e Rio de Janeiro, o qual contava com a participação ativa de funcionários dos Correios, fazendo com que grandes cargas de seus clientes fossem distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247