Orlando Silva, candidato do PC do B em SP: "O PT é parte do passado. E o PSOL é uma espécie de PT retrô, dos anos 1980"

Pré-candidato do PC do B à Prefeitura de São Paulo, Orlando Silva abriu ataque agressivo contra o PT e o PSOL: "O PT é parte do passado. E o PSOL é uma espécie de PT retrô, dos anos 1980". Ele estendeu a crítica a Lula

Orlando Silva
Orlando Silva (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado - 10.ago.2017)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Orlando Silva (PC do B), pré candidato a prefeito de São Paulo, decidiu abrir fogo contra as duas principais forças de esquerda do país, o PT e o PSOL, em entrevista à Folha de S.Paulo: "O PT é parte do passado. E o PSOL é uma espécie de PT retrô, dos anos 1980". A crítica do parlamentar inclui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva: “O Lula foi um extraordinário presidente, mas nós temos que olhar para a frente".Em janeiro, Orlando Silva liderou seu partido no apoio à candidatura de Rodrigo Maia à presidência da Câmara. Em abril, foi nomeado por Maia para a Secretaria de Participação, Interação e Mídias Digitais da Câmara, criada para acomodar o parlamentar pcdobista.

Na entrevista, Silva afirmou que irá apresentar “um projeto político popular renovador para a cidade de São Paulo”. Para ele, “a esquerda tem que pisar no barro, ouvir o povo, reelaborar programa e, com muita humildade, trilhar um caminho novo. Temos que voltar a fazer trabalho de base, preocupar menos com lacração na internet e mais com a organização do povo”.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247