Padre Júlio Lancellotti: “A morte de padre Ticão é a perda de um modelo de Igreja”

Ao 247, o pároco da Pastoral do Povo da Rua de São Paulo lamenta a morte do amigo e diz que sua morte significa “a perda de um modelo de Igreja, comprometida com o povo, a mudança, a transformação, com o Evangelho”

www.brasil247.com -
(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)


247 - O Padre Júlio Lancellotti, pároco da Pastoral do Povo da Rua de São Paulo, falou ao 247 sobre a morte de seu companheiro de luta na zona leste da cidade, Padre Ticão, e disse que ela é “a perda de um modelo de Igreja”.Assim como Júlio, Ticão era um dos líderes da Igreja Católica que atuava por décadas junto a movimentos populares, com pautas como a defesa do uso da cannabis medicinal, a legalização do aborto e a medicina popular.“A morte de padre Ticão é a perda de um modelo de Igreja, comprometida com o povo, a mudança, a transformação, com o Evangelho”, lamentou Júlio.

Assista à entrevista concedida em agosto de 2019 por Padre Ticão ao Canal Paz e Bem, associado à TV 247:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email