Passeio inútil de Bolsonaro custou R$ 1,2 milhão ao governo de São Paulo

A "motociata" bolsonarista mobilizou 1.433 policiais para fazer a segurança do evento, que contou também com a utilização de cinco aeronaves, dez drones e aproximadamente 600 viaturas

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A "motociata" de Jair Bolsonaro e apoiadores neste sábado (12) em São Paulo, que marca mais um ato de campanha antecipada para 2022,  custou aos cofres públicos R$ 1,2 milhão, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do estado divulgados pela Folha de S. Paulo.

O "passeio" inútil de Bolsonaro mobilizou 1.433 policiais, com a participação de batalhões territoriais e especializados, como Baep, Choque e Canil, além de equipes do Corpo de Bombeiros e do Regaste. Para complementar a segurança da manifestação ainda foram utilizadas cinco aeronaves, dez drones e aproximadamente 600 viaturas.

Para fazer sua campanha pessoal, Bolsonaro utilizou avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e cometeu crime ao pilotar sua moto com a placa coberta. No final do evento, o chefe do Executivo Nacional voltou a espalhar mentiras sobre a Covid-19 e falou novamente em desobrigar o uso de máscara.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email