Patricia Vanzolini é a primeira mulher eleita para a presidência da OAB-SP

Em disputa acirrada, advogada foi escolhida para comandar a entidade pelos próximos três anos

Patricia Vanzolini
Patricia Vanzolini (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Pela primeira vez, em quase 90 anos, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de São Paulo, maior seccional do país, terá uma mulher como presidente, a  advogada criminalista e professora Patricia Vanzolini, que conduzirá a entidade pelos próximos três anos, em mandato que vai de 2022 a 2024.

Com quase 97% das urnas apuradas, Vanzolini alcançava uma vantagem pouco acima de 3 pontos percentuais em relação ao segundo colocado, o atual presidente, Caio Augusto Silva dos Santos, que concorria à reeleição, informa a Folha de S.Paulo.

Cinco chapas concorreram no pleito. O terceiro lugar foi da chapa da criminalista Dora Cavalcanti, única chapa em que as candidatas a presidente e vice eram mulheres.

PUBLICIDADE

Mestre e doutora em direito pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo, Vanzolini é professora na Universidade Presbiteriana Mackenzie e no Damásio Educacional. Ela ingressou na OAB em 2002 e exercerá cargo de gestão da entidade pela primeira vez.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email