Pela primeira vez, interior de São Paulo supera região metropolitana em mortes por Covid-19

Tanto a capital, quanto o interior têm 166 mil casos de coronavírus. Os casos se igualaram nestas duas regiões

(Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A capital de São Paulo se equiparou com o número de casos de coronavírus registrados no interior do Estado, que superou em óbitos, pela primeira vez, a região da Grande São Paulo (sem a capital), de acordo com o jornal Folha de S. Paulo.

Tanto a capital, quanto o interior têm 166 mil casos, segundo o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. Os casos representam 80% dos infectados registrados no estado. O restante - 20% - está na Baixada Santista e na Grande São Paulo.

No interior, o número de óbitos causados pela Covid-19 chegou a 5.616, enquanto que na região metropolitana foram registradas 5.338. A maioria dos óbitos, entretanto, estão registrados na capital paulista, que tem 45% das 19.788 mortes por coronavírus do estado.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247