'Perdi minha filha para o ódio', diz mãe de menina assassinada em ataque contra escolas

"Já chega de tanto ódio gratuito. Minha filha não fez nada. E quantas outras mães estão na mesma situação que eu?", disse Thais Sagrillo Zucoloto

www.brasil247.com - Selena Zagrillo é uma das vítimas do ataque a escolas no Espírito Santo
Selena Zagrillo é uma das vítimas do ataque a escolas no Espírito Santo (Foto: Reprodução)


247 - A mãe de Selena Zagrillo, de 12 anos, assassinado no ataque as escolas em Aracuz, no Espírito Santo, disse que perdeu a filha para o ódio.

"A minha filha sempre foi luz e amor, e eu perdi a minha filha para o ódio", afirmou Thais Sagrillo Zucoloto, que contou que a menina estudava seus últimos dias na unidade, porque iria se mudar para a Bahia com a família. A mãe, não estava no Espírito Santo no dia do crime.

"Já chega de tanto ódio gratuito. Minha filha não fez nada. E quantas outras mães estão na mesma situação que eu? Quantas outras vítimas em escolas a gente vai ter? A gente precisa de amor agora, e de paz", clamou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247