Pezão solicita ajuda do Governo Federal

"Solicitamos ajuda a tnicos e gelogos da equipe montada pela presidenta Dilma Rousseff para elaborar projetos de canais extravasores e barragens" , disse o vice-governador

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O vice-governador, Luiz Fernando Pezão, se reuniu na tarde desta terça-feira (10/1) com os ministros dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, da Integração Nacional, Fernando Bezerra, além de prefeitos das regiões Norte e Noroeste do Estado na sede da Prefeitura de Campos dos Goytacazes. Mais uma vez, Pezão reforçou a necessidade de um projeto nacional para minimizar os impactos da chuva, uma vez que os rios que cortam o Estado também passam por Minas Gerais e Espírito Santo.

 - Solicitamos ajuda a ténicos e geólogos da equipe montada pela presidenta Dilma Rousseff para elaborar projetos de canais extravasores e barragens. As nossas estradas estão sendo sobrecarregadas devido a problemas em estradas federais, provocados pelas chuvas. Por isso, pedimos uma linha de recursos para o Governo Federal para manutenção de rodovias estaduais. A prioridade é esperar as chuvas diminuírem para dar início a algumas obras. O governador Sérgio Cabral já autorizou o início da construção do canal extravasor de Laje do Muriaé com recursos do Estado - disse o vice-governador.

 O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, afirmou que o Governo Federal assumirá a recuperação da BR-356, onde o asfalto cedeu.

 - Serão realizadas obras definitivas em relação a esta estrada, que com o tempo assumiu o papel de dique de contenção. Faremos um profundo estudo hidrológico e iniciar estas providências imediatamente. Não faremos restrição de recursos para a recuperação da estrada, mas ainda não é possível falar em valores - afirmou o ministro.

 A ajuda que está sendo oferecida pelo Estado será complementada pelo Governo Federal. O anúncio foi feito pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, durante a reunião.

 - Devem ser liberados entre R$ 25 e R$ 30 milhões para estes municípios atingidos pelas chuvas. Nos casos mais críticos, será utilizado o novo sistema de liberação direta, através do cartão de pagamento da Defesa Civil. Nossa visita ao Rio foi motivada por uma orientação da presidenta Dilma e o Governo Federal está à disposição para ajudar no que for necessário - disse o ministro.

 Pela manhã, Pezão e os ministros fizeram um sobrevoo pelas regiões atingidas para verificar a situação no momento. Desde a segunda-feira (09/1), Pezão percorre municípios das regiões Norte e Noroeste Fluminense para constatar necessidades emergenciais de cada um deles.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email