Pezão veta redução do próprio salário

Redução já havia sido aprovada pela Assembleia Legislativa, mas o governador Luiz Fernando Pezão vetou a proposta; sem salários, servidores têm protestado diante da Alerj

Redução já havia sido aprovada pela Assembleia Legislativa, mas o governador Luiz Fernando Pezão vetou a proposta; sem salários, servidores têm protestado diante da Alerj
Redução já havia sido aprovada pela Assembleia Legislativa, mas o governador Luiz Fernando Pezão vetou a proposta; sem salários, servidores têm protestado diante da Alerj (Foto: Leonardo Attuch)

Rio 247 – O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, vetou a redução do próprio salário, que já havia sido aprovada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, segundo informam as jornalistas Daniela Amorim e Mariana Durão.

"Em meio a uma grave crise fiscal, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), vetou o projeto de lei de autoria do próprio Poder Executivo que reduzia o salário da cúpula do governo estadual", diz a reportagem.

"Segundo Pezão, como os deputados rejeitaram a criação da alíquota previdenciária extraordinária de até 30% na folha de pagamentos de servidores ativos e inativos, apenas governador, vice-governador, secretários e subsecretários teriam que suportar reduções em seus subsídios, 'o que evidentemente não se coaduna com o espírito inicial da medida, vinculada à observância do princípio da isonomia', alegou", completa o texto.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247