PM que atirou na juíza diz: “Foi momento de raiva”

O cabo Srgio Costa Jnior reafirmou que participou da morte de Patrcia Acioli, e disse que o tenente Daniel Santo Benitez Lopes usou um revlver calibre 38 para, tambm, atirar na juza

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

No quarto dia de audiência de instrução e julgamento dos onze acusados de assassinar a juíza Patrícia Acioli, o cabo da Polícia Militar Sergio Costa Júnior reafirmou, hoje (17), que participou da morte da magistrada. Ele admite ter efetuado disparos com duas armas calibres 40 e 45. O cabo ainda afirmou que o tenente Daniel Santo Benitez Lopes usou um revólver calibre 38, também para atirar na juíza.

"Me arrependi muito, muito. Hoje eu não faria isso. Acabei fazendo essa besteira em um momento de raiva", lamentou o PM, que confessou ter participado da trama para a morte da juíza quando soube que seria preso com outros policiais sob acusação do assassinato do jovem Diego Beliene, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo.

Costa Júnior já havia confessado o crime à Divisão de Homicídios (DH).

Durante a audiência, o juiz Peterson Barroso Simão determinou a retirada do plenário de parentes de um dos réus, que não se comportava de maneira adequada.

Costa Júnior é o primeiro réu a depor na 3ª Vara Criminal de Niterói. Pela manhã, foram ouvidas testemunhas de defesa. Patrícia Acioli foi executada com 21 tiros, em agosto, ao chegar a sua casa, em Piratininga, Niterói, na Região Metropolitana. Por determinação do juiz Barroso Simão, a segurança no Fórum foi reforçada.

No total, 13 testemunhas de defesa foram ouvidas: cinco do ex-comandante do 7º BPM (São Gonçalo), tenente-coronel Claudio Luiz Silva Oliveira, três do tenente Daniel Benitez, quatro do soldado Handerson Lents e uma do cabo Alex Ribeiro Pereira.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email