HOME > Sudeste

Polícia encontra corpos dos supostos assassinos dos médicos na Barra da Tijuca

Investigação sugere que um dos médicos foi confundido com miliciano, o que seria a explicação para o crime bárbaro

(Foto: Reprodução)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Na noite desta quinta-feira, policiais da Delegacia de Homicídios fizeram uma descoberta em Gardênia Azul, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Quatro corpos foram encontrados em dois carros, levantando suspeitas de que esses indivíduos estavam envolvidos na execução de três médicos e no ferimento de um quarto profissional da saúde em um quiosque na orla da Barra da Tijuca, também na Zona Oeste, segundo reportagem do jornal O Globo.

Uma linha de investigação crucial da Polícia Civil sugere que os médicos podem ter sido vítimas de um erro, devido à semelhança física entre o médico Perseu Ribeiro de Almeida, 33 anos, uma das vítimas, e o miliciano Taillon de Alcântara Pereira Barbosa, de 26 anos. Ambos compartilhavam características físicas. As vítimas identificadas incluem Perseu, Marcos de Andrade Corsato, 62 anos, e Diego Ralf de Souza Bomfim, 35 anos, este último irmão da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP). 

Além disso, o médico Daniel Sonnewend Proença, que foi ferido no mesmo incidente, passou por uma cirurgia de emergência no Hospital Lourenço Jorge, também na Barra da Tijuca. Sonnewend foi alvejado 14 vezes, incluindo dois tiros de raspão, resultando em 24 perfurações em seu corpo. As lesões incluíram danos ao tórax, intestino, pélvis, mão, pernas e pé.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: