Polícia mira acusados de violência contra a mulher

Policiais civis do Rio de Janeiro fazem uma operação para cumprir mandados de prisão de acusados de violência doméstica e sexual contra as próprias companheiras; de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, 12 homens tinham sido presos em todo o estado

Policiais civis do Rio de Janeiro fazem uma operação para cumprir mandados de prisão de acusados de violência doméstica e sexual contra as próprias companheiras; de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, 12 homens tinham sido presos em todo o estado
Policiais civis do Rio de Janeiro fazem uma operação para cumprir mandados de prisão de acusados de violência doméstica e sexual contra as próprias companheiras; de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, 12 homens tinham sido presos em todo o estado (Foto: Leonardo Lucena)

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Policiais civis do Rio de Janeiro fazem hoje (25) uma operação para cumprir mandados de prisão de acusados de violência doméstica e sexual contra as próprias companheiras. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, até as 8h de hoje, 12 homens tinham sido presos em todo o estado.

A operação, chamada de Amanhecer Livre, está sendo feita pelas delegacias especiais de Atendimento à Mulher, em homenagem ao Dia Internacional de não violência contra a Mulher.

A data lembra a morte das irmãs Mirabal, assassinadas pelo regime ditatorial de Rafael Leónidas Trujillo, em 25 de novembro de 1960, no país caribenho da República Dominicana.

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247