Policiais destroem memorial em homenagem às vítimas da Chacina do Jacarezinho (vídeo)

O memorial foi uma iniciativa de moradores da comunidade, amigos e familiares dos mortos

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução (Twitter))


247 - A Polícia Civil do Rio de Janeiro destruiu, na tarde desta quarta-feira (11), um memorial em homenagem às 28 vítimas da Chacina do Jacarezinho, na Zona Norte da capital fluminense. Uma das vítimas era policial. O memorial, inaugurado no dia 6 de maio, foi uma iniciativa de moradores da comunidade, amigos e familiares dos mortos.

Ao todo, 10 das 13 investigações que tramitam no Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) sobre a chacina foram arquivadas. Foi a operação policial mais letal da história do estado do Rio. 

Em nota, a Polícia Civil defendeu a destruição do memorial e afirmou que a iniciativa dos policiais "levou em consideração a apologia ao tráfico de drogas, uma vez que os 27 mortos tinham passagens pela polícia e envolvimento comprovado com atividades criminosas, além do fato de que a construção do mesmo não tinha autorização da Prefeitura do Rio de Janeiro".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247