Ponto Chic, tradicional restaurante de São Paulo, abre na Fase Vermelha em protesto contra presença de Covas no Maracanã

"Quando vi o prefeito ontem no jogo, isso me causou uma indignação tão grande e tão profunda que eu não tinha outra alternativa a não ser abrir” - afirma o proprietário do restaurante Ponto Chic

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um dos mais tradicionais restaurantes de São Paulo, o Ponto Chic resolveu abrir seus salões ao público neste fim de semana, mesmo com a proibição do governo de São Paulo, que decretou novamente a Fase Vermelha na pandemia da Covid-19. A decisão foi em protesto pela presença do prefeito Bruno Covas no Maracanã, na final da Libertadores, neste sábado (30).

Segundo Rodrigo Alves, proprietário da rede, a decisão se deu depois dele ficar sabendo que o prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), foi ao Maracanã ver a final da Copa Libertadores da América no mesmo fim de semana que a cidade precisou fechar seus comércios. Os quatro restaurantes da rede foram abertas por volta das 19h30 de sábado (30). 

"Quando vi o prefeito ontem no jogo, isso me causou uma indignação tão grande e tão profunda que eu não tinha outra alternativa a não ser abrir. A gente sabe onde está o problema da pandemia. Sabemos que são os pancadões, são as festas, onde o estado não entra, não toma providências para resolver. Por que então fechar quem gera emprego?", questionou Alves neste domingo (31) à Folha de S.Paulo.

É um "protesto contra a decisão equivocada de querer fechar o comércio da cidade de São Paulo em pleno verão." Em uma rede social, o empresário escreveu que abriria as lojas "pela dignidade, pela vida, pelos empregos."

As lojas funcionaram das 19h30 às 22h de sábado e abriram novamente neste domingo, às 12h.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email