Prefeito nomeia dois irmãos do delegado que prendeu Garotinho

A irmã do delegado da PF Paulo Cassiano, que prendeu o ex-governador Anthony Garotinho, foi nomeada pelo prefeito de Campos dos Goytacazes, Rafael Diniz, em cargo de indicação política; Fernanda Bastos Cassiano Abud vai trabalhar na Secretaria Municipal de Fazenda; adversário de Garotinho, Rafael Diniz já havia nomeado, em janeiro, um outro irmão do delegado; "Campos, no Norte Fluminense, por tantos anos controlado por suas oligarquias, agora tem  'coronéis de toga e de distintintivo'”, diz o jornalista Fernando Brito

A irmã do delegado da PF Paulo Cassiano, que prendeu o ex-governador Anthony Garotinho, foi nomeada pelo prefeito de Campos dos Goytacazes, Rafael Diniz, em cargo de indicação política; Fernanda Bastos Cassiano Abud vai trabalhar na Secretaria Municipal de Fazenda; adversário de Garotinho, Rafael Diniz já havia nomeado, em janeiro, um outro irmão do delegado; "Campos, no Norte Fluminense, por tantos anos controlado por suas oligarquias, agora tem  'coronéis de toga e de distintintivo'”, diz o jornalista Fernando Brito
A irmã do delegado da PF Paulo Cassiano, que prendeu o ex-governador Anthony Garotinho, foi nomeada pelo prefeito de Campos dos Goytacazes, Rafael Diniz, em cargo de indicação política; Fernanda Bastos Cassiano Abud vai trabalhar na Secretaria Municipal de Fazenda; adversário de Garotinho, Rafael Diniz já havia nomeado, em janeiro, um outro irmão do delegado; "Campos, no Norte Fluminense, por tantos anos controlado por suas oligarquias, agora tem  'coronéis de toga e de distintintivo'”, diz o jornalista Fernando Brito (Foto: Aquiles Lins)

Por Fernando Brito, do Tijolaço - Na coluna de Lauro Jardim, no insuspeito Globo, que vota ódio mortal ao ex-governador Anthony Garotinho:

A irmã do delegado da PF Paulo Cassiano, que prendeu Anthony Garotinho, foi nomeada pelo prefeito de Campos dos Goytacazes, Rafael Diniz, em cargo de indicação política.

Fernanda Bastos Cassiano Abud vai trabalhar na Secretaria Municipal de Fazenda. Adversário de Garotinho, Rafael Diniz já havia nomeado, em janeiro, um outro irmão do delegado.

À época, Guilherme Cassiano foi nomeado em cargo comissionado na Fundação Municipal de Saúde da Prefeitura de Campos dos Goytacazes (RJ).

Cassiano foi o delegado federal que presidiu o inquérito contra o ex-governador. Joaquim de Carvalho, no Diário do Centro do Mundo já havia comprovado que ele fazia campanha do hoje prefeito Diniz, adversário do casal Garotinho. Garotinho representou contra ele na corregedoria da Polícia Federal.

Claro, formalmente não há ilegalidade na contratação dos irmãos do delegado. Mas é um indicativo da suspeição (para ser bem “leve”) de seu comportamento. Goste-se ou não de Garotinho, isso é absolutamente imoral.

Estamos vendo, em escala nacional, os “generais de toga”.

Campos, no Norte Fluminense, por tantos anos controlado por suas oligarquias, agora tem  “coronéis de toga e de distintintivo”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247