Preso, Daniel Silveira bate boca com funcionária do IML por se recusar a usar máscara (VÍDEO)

Após ser preso em flagrante, o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) bateu boca com uma servidora no Instituto Médico Legal (IML) que solicitava ao parlamentar o uso de máscara no recinto

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247- Após ser preso em flagrante, o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) bateu boca com uma servidora no Instituto Médico Legal (IML) que solicitava ao parlamentar o uso de máscara no recinto. Em vídeo que circula nas redes sociais, a servidora pede insistentemente para que o político utilize o equipamento de proteção no rosto. No entanto, Silveira alega ter prerrogativa para não usar. A informação é do jornal O Globo. 

A discussão teve que ser interrompida por um agente da Polícia Federal. Após conversa, Silveira acabou colocando o material para passar pelos exames legistas. No entanto, ao entrar em uma das salas do IML, deixou a parte do nariz completamente descoberta, na contramão das orientações para o uso correto do material.

Silveira foi preso nesta terça-feira (16), em sua casa, após postar um vídeo promovendo ataques diretos ao STF, defendendo o fechamento da Corte. A prisão ocorreu por flagrante delito por crime inafiançável. 

Não é a primeira vez que o bolsonarista se envolve em discussões por se recusar a usar o ítem. Recentemente, ele provocou uma confusão em um voo por se recusar a usar a máscara no avião. 


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email