Presos vetam Eduardo Cunha como juiz de futebol em Bangu

Um dos protagonistas do golpe de 2016, o ex-deputado Eduardo Cunha, do MDB, não conseguiu ser juiz de futebol num campeonato dos detentos em Bangu. O motivo: os presos não confiam em sua lisura

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "Começou na semana passada um campeonato de futebol na penitenciária de Bangu, onde parte da turma da Lava-Jato está presa. Os dois presos mais famosos, no entanto, não participam do torneio. Sérgio Cabral não foi escalado para jogar. Segue em isolamento até o final do mês por determinação da Secretaria de Administração Penitenciária. Eduardo Cunha se apresentou para atuar como juiz. Mas foi vetado pelos times, sob o argumento de que não confiavam em sua lisura", informa o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247