Pró-Pezão vai coordenar campanha de Dilma no Rio

Prefeito Alexandre Cardoso, convidado para o posto pelo presidente do PT-RJ, Washington Quaquá, defende palanque único no Estado pela reeleição de Dilma: "Todo mundo sabe que meus candidatos são Pezão e a presidente Dilma"

Prefeito Alexandre Cardoso, convidado para o posto pelo presidente do PT-RJ, Washington Quaquá, defende palanque único no Estado pela reeleição de Dilma: "Todo mundo sabe que meus candidatos são Pezão e a presidente Dilma"
Prefeito Alexandre Cardoso, convidado para o posto pelo presidente do PT-RJ, Washington Quaquá, defende palanque único no Estado pela reeleição de Dilma: "Todo mundo sabe que meus candidatos são Pezão e a presidente Dilma" (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do PT no Rio de Janeiro e prefeito de Maricá, Washington Quaquá, convidou o prefeito caxiense, Alexandre Cardoso, para coordenar a campanha de Dilma no Estado.

Afastado recentemente do PSB, o prefeito admitiu publicamente que apoiaria Dilma e não o presidenciável Eduardo Campos. Ele também é aliado do governador Sergio Cabral (PMDB), de quem já foi secretário de Ciência e Tecnologia.

Ele defende palanque único do Estado pela reeleição de Dilma. "Acho legítimo que o Lindbergh, o (ex-governador Anthony) Garotinho (PR-RJ) e o (senador Marcelo) Crivella (PRB-RJ) queiram ser candidatos, mas o ideal seria que a presidente Dilma tivesse um só palanque no Rio", afirmou.

"Todo mundo sabe que meus candidatos são Pezão e a presidente Dilma", acrescentou.

Leia aqui a matéria do Terra sobre o assunto.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email