Procurador que atacou juíza com faca será levado para o presídio de Tremembé

O procurador Matheus Carneiro Assunção ficará preso em uma ala dedicada à psiquiatria. Nesta quinta (3), ele foi preso em flagrante após atacar com uma faca a juíza Louise Filgueiras dentro TRF-3, em São Paulo. Seguranças que o detiveram disseram que ele dizia ter entrado armado no tribunal, para "fazer o que Janot não fez"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O procurador Matheus Carneiro Assunção, que atacou com uma faca a juíza Louise Filgueiras dentro Tribunal Reginal da 3ª Região (TRF-3), em São Paulo, será levado para o Complexo Prisional de Tremembé, numa ala dedicada à psiquiatria.

Matheus atuava como procurador da Fazenda Nacional e, num surto psicótico, atacou a juíza com uma faca, na noite da ultima quinta-feira.

Preso em flagrante, o procurador foi levado para uma audiência de custódia na 1ª Vara da Justiça Federal. No relato de funcionários, Matheus parecia estar fora de si e gritava que estava ali para "tentar acabar com a corrupção".

Ele estava no prédio do TRF-3 participando do 2° Congresso de Combate à Corrupção na Administração Pública. Seguranças que o detiveram disseram que ele dizia ter entrado armado no tribunal, para "fazer o que Janot não fez".

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot disse em entrevista que entrou armado no Supremo Tribunal Federal para matar o ministro Gilmar Mendes. Ele teria chegado a engatinhar a arma, mas desisitiu.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247