Produtora do Porta dos Fundos é alvo de ataque terrorista

O imóvel da produtora do canal Porta dos Fundos foi alvo de dois coquetéis molotov nesta terça-feira (24), em meio às reações de grupos conservadores ao especial exibido na Netflix em que Jesus é retratado como gay. Em nota, o Porta dos Fundos condenou "qualquer ato de ódio e violência" e disse que seguirá "mais unido, mais forte e mais inspirado pela liberdade de expressão"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A produtora responsável pelos programas Porta dos Fundos foi alvo de um ataque nesta terça-feira (24), no Humaitá, na Zona Sul do Rio de Janeiro. De acordo com a assessoria de imprensa do grupo, dois coquetéis molotov foram jogados na fachada do imóvel.

Em nota, a assessoria informou que o "Porta dos Fundos condena qualquer ato de ódio e violência e, por isso, já disponibilizou as imagens das câmeras de segurança para as autoridades, para o Secretário de Segurança, e espera que os responsáveis pelos ataques sejam encontrados e punidos" e reforça que seguirá em frente "mais unido, mais forte e mais inspirado pela liberdade de expressão".

O ataque acontece no momento em que o "Especial de Natal do Porta dos Fundos" deste ano é alvo de reações de grupos ligados ao bolsonarismo e cristão de diversas denominações nas redes sociais, por conta da maneira como retratou Jesus no especial.

No ataque não houve vítimas, mas parte da recepção foi danificada e, segundo integrantes do grupo, caso não houvesse um segurança no local, todo o prédio teria sido incendiado, já que o fogo foi contido por um funcionário que estava no prédio.

De acordo com reportagem do G1, o segurança do estabelecimento viu uma moto na contramão e uma picape passando na hora em que os dois artefatos foram jogados.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247