PT: candidato de Bolsonaro em Vitória é 'reacionário e surfou na anti-política'

O Partido dos Trabalhadores emitiu uma nota classificando como o candidato a prefeito de Vitória (ES) pelo Republicanos, Delegado Pazolini, como um "reacionário extremista de direita". "Pazolini é o caso de delegado que surfou na anti- política, junto com Jair Bolsonaro, nas eleições gerais de 2018", afirma

Delegado Pazolini
Delegado Pazolini (Foto: Reprodução/Facebook)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Partido dos Trabalhadores emitiu uma nota classificando como o candidato a prefeito de Vitória (ES) pelo Republicanos, Delegado Pazolini, como um "reacionário extremista de direita, adepto do bolsonarismo, que nega a ciência e confronta os direitos humanos".

"Pazolini é o caso de delegado que surfou na anti- política, junto com Jair Bolsonaro, nas eleições gerais de 2018, aproveitando-se das teses do falso moralismo e da demagogia", diz o partido. 

De acordo com o partido, o candidato bolsonarista é "esse tipo de homem público suspeito, que posa de bom moço e atua como um miliciano, que Vitória corre o risco de eleger no próximo domingo". 

"Embora pose de bom moço e tente dizer que atua no interesse da opinião pública, o delegado dublê de deputado representa um tipo de conservador moralista que cresceu na antipolítica junto com o bolsonarismo".

No primeiro turno, João Coser alcançou 21,82% (37.373) dos votos, atrás de Pazolini (Republicanos), com 30,95% (53.014) dos votos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247