Raíssa pronta para brilhar pela 10ª vez na Beija-Flor

Com apenas 21 anos, Rassa de Oliveira a atual rainha de bateria campe; fenmeno, vai completar seu dcimo carnaval; "nunca pensei que fosse ficar tanto tempo", diz, exuberante

Valéria Souza _247 - Ela só tem 21 aninhos, mas já é uma veterana do Carnaval. Rainha de Bateria da Beija-Flor, a escola campeã de 2011, Raíssa de Oliveira completa neste ano uma década como Majestade da escola. “Juro que eu jamais pensei que fosse ficar tanto tempo como Rainha. Sabe o que é ficar dez anos à frente da bateria? Um sonho! Eu sou uma veterana, mesmo com pouca idade”, comemora a gatona, que acaba de voltar do cruzeiro Emoções em Alto-Mar do Roberto Carlos. “Como todo ano foi lindo! Lá, eu trabalho, descanso, vou à boate, curto a piscina, eu me delicio com a comida e ainda assisto ao show do Rei. Foram quatro dias maravilhosos.”

Apontada inúmeras vezes como suposto affair do RC – aliás, o boato sempre foi negado -, Raíssa nem liga para quem acha que ela só continua no posto porque o cantor a acha bonita. “Virei Rainha muito antes de conhecer o Roberto Carlos. Quem tem boca fala o que quer. Não é ele quem me mantém na escola”, frisa a beldade, que destaca as suas qualidades que, segundo ela, talvez colaborarem para ainda estar onde está. “Sou amiga das pessoas na comunidade, converso, tenho carisma e sou participativa. Apostaram no meu talento.”

Yuri Graneiro/Divulgação

Yuri Graneiro/Divulgação

Perto do desfile na avenida, Raíssa tem que intensificar a malhação, mas ela faz mais por obrigação mesmo. “Eu ainda não gosto de malhar, não. Mas tenho que malhar, então, eu malho. Todo dia vou para a academia, faço musculação e tratamentos estéticos, como drenagem linfática e manthus. Não corro, porque se não eu sumo. A minha aeróbica são os ensaios na quadra da escola, onde sambo por três horas. Mas todo ano eu sempre emagreço no período de dezembro ao carnaval. Justamente quando tudo é voltado para a folia”, conta ela, que surgirá na passarela representando o bumba meu boi. O samba-enredo de 2012 da escola é “São Luís – O poema encantado do Maranhão”.

Mas Raíssa de Oliveira é mais que uma Rainha de Bateria, ela é engajada e é dona do Centro Cultural Raydi, ao lado do seu irmão, Diego Davi, em Nilópolis, perto da escola. O local faz trabalhos voltados para crianças, adolescentes e idosos. “Está tudo ótimo com o nosso projeto. Lá, nós oferecemos aulas de jazz, dança do ventre, samba e percussão e ainda temos profissionais de saúde para atender ao público, como psicólogos e enfermeiras. A comunidade nos dá suporte com doações de material, comida e móveis. Mas estou correndo atrás de patrocínio, porque precisamos de mais estrutura. Eu estou feliz com o centro cultural”, diz ela, que está cursando o sétimo período de faculdade de Jornalismo, está procurando estágio e planeja ser assessora de imprensa.

A Beija-Flor de Nilópolis vai desfilar na madrugada de segunda-feira de Carnaval (20),

Yuri Graneiro/Divulgação

Yuri Graneiro/Divulgação

 

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247