CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sudeste

Rio quer compensação de R$ 100 mi da Chevron

Governo ir entrar com ao civil pblica; pedido de indenizao por desastre ambiental ser de R$ 100 milhes; secretrio Carlos Minc ( esq.) quer auditoria internacional sobre multi presidida no Pas por George Buck

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247_ A multa de R$ 50 milhões aplicada hoje pelo Ibama à Chevron, por crime ambiental, em razão do vazamento de pelo menos 382 mil litros de petróleo no Campo do Frade, em Campos, não será a única punição das autoridades brasileiras sobre a multinacional. Também hoje, o secretário estadual do Meio Ambiente do Rio, Carlos Minc, anunciou a abertura de ação civil pública, pelo Estado, com a finalidade de cobrar R$ 100 milhões da Chevron como forma de compensação pelo dano ambiental causado.

“A agressão ao ecossistema é obvia. Além disso, as algas e os microorganismos, que são a base de toda a cadeia alimentar, também foram atingidos”, afirmou Minc.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O secretário lembrou que a Agência Nacional de Petróleo ainda pode aplicar uma outra multa à empresa por descumprimento dos termos de concessão. “Será exigida ainda uma auditoria internacional de todas as instalações da Chevron e da Transocean [empresa contratada pela Chevron para fazer a perfuração no Campo de Frade, na bacia de Campos]”, completou Minc, citando que tal auditoria pode custar até R$ 5 milhões. “Ela [Chevron] operou de forma inadequada. Usou uma pressão brutal ao lado de uma fissura de 300m. É lógico que iria jorrar óleo para tudo quanto é lado”, afirmou.

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO