Rio tem o sexto PM baleado em menos de 24 horas

Mais um policial militar foi baleado no município do Rio; é o sexto PM alvejado por bandidos em menos de 24 horas na capital fluminense; outros cinco PMs já haviam sido baleados, um deles morreu; de acordo com o 3°BPM (Méier), o PM foi baleado em uma tentativa de assalto, no bairro do Cachambi, na Zona Norte do Rio; o agente foi socorrido e encaminhado ao Hospital Central da corporação, no Estácio, também na Zona Norte, onde morreu o agente Anderson Senna Freire

Mais um policial militar foi baleado no município do Rio; é o sexto PM alvejado por bandidos em menos de 24 horas na capital fluminense; outros cinco PMs já haviam sido baleados, um deles morreu; de acordo com o 3°BPM (Méier), o PM foi baleado em uma tentativa de assalto, no bairro do Cachambi, na Zona Norte do Rio; o agente foi socorrido e encaminhado ao Hospital Central da corporação, no Estácio, também na Zona Norte, onde morreu o agente Anderson Senna Freire
Mais um policial militar foi baleado no município do Rio; é o sexto PM alvejado por bandidos em menos de 24 horas na capital fluminense; outros cinco PMs já haviam sido baleados, um deles morreu; de acordo com o 3°BPM (Méier), o PM foi baleado em uma tentativa de assalto, no bairro do Cachambi, na Zona Norte do Rio; o agente foi socorrido e encaminhado ao Hospital Central da corporação, no Estácio, também na Zona Norte, onde morreu o agente Anderson Senna Freire (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 – Mais um policial militar foi baleado, nesta quarta-feira (26), no município do Rio. É o sexto PM alvejado por bandidos em menos de 24 horas na capital fluminense. Na madrugada desta terça-feira (25), cinco PMs baleados, um deles morreu.

De acordo com o 3°BPM (Méier), o PM foi baleado em uma tentativa de assalto, no bairro do Cachambi, na Zona Norte do Rio. O agente foi socorrido e encaminhado ao Hospital Central da corporação, no Estácio, também na Zona Norte, onde morreu o agente Anderson Senna Freire.

O crime ocorreu no bairro de Guadalupe. A patrulha do policial foi atacada por criminosos a tiros. Anderson levou um tiro na cabeça, e morreu. O soldado Bruno Moraes, que também estava no carro, levou um tiro no ombro e está internado no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247