Rock in Rio se politiza e denuncia fascismo bolsonarista ao mundo

A banda Francisco, el Hombre fez a apresentação mais politizada do Rock in Rio até aqui. A plateia foi ao êxtase. O vocalista Mateo Piracés-Ugarte entoou: "pulando, pulando, quem não pula é miliciano” para delírio dos presentes. As críticas ao governo Bolsonaro foram a tônica do show, bem como a defesa de Lula Livre

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A banda Francisco, el Hombre fez a apresentação mais politizada do Rock in Rio até aqui. A plateia foi ao êxtase. O vocalista Mateo Piracés-Ugarte entoou: "pulando, pulando, quem não pula é miliciano” para delírio dos presentes. As críticas ao governo Bolsonaro foram a tônica do show, bem como a defesa de Lula Livre. 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "teve bandeira do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), Lula Livre, foto da deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP), militantes indígenas e menções à Amazônia e greves pela educação. “Mentira acima de tudo, censura pra cima de todos”, dizia uma das frases estampadas no telão fazendo uma alusão ao slogan do governo. E quando o público gritou “Ei, Bolsonaro, vai tomar no cu”, o cantor respondeu “Tomar no cu é uma delícia”."

A matéria ainda acrescenta qie "a apresentação, a primeira do dia no palco Sunset, começou com a mais lenta “Triste, Louca ou Má”, com o refrão “o homem não te define, sua casa não te define, sua carne não te define. Você é seu próprio lar”. No fundo, projeções de mulheres como a paquistanesa Malala, a escritora, militante e colunista da Folha Djamila Ribeiro, a estudante e ativista ambiental Greta Thunberg, e uma jovem Dilma Rousseff depondo numa auditoria militar. A música terminou com um abraço entre as integrantes femininas."

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247