Sebastião Berriel: “Precisamos ampliar a abordagem social aos menos favorecidos”

Em entrevista ao programa “Um Tom de resistência”, na TV 247, o candidato à prefeitura de Nova Iguaçu (RJ) pelo PT, Sebastião Berriel, falou sobre as suas propostas para o município. “Inclusão social é uma das minhas prioridades”, disse. Assista.

Sebastião Berriel
Sebastião Berriel (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ex-secretário de assistência social durante a gestão de Lindbergh Farias (PT) em Nova Iguaçu (RJ), o candidato Sebastião Berriel (PT), acompanhado de seu vice, Luciano Feitosa, conversou com o músico e compositor Ricardo Nêggo Tom na TV 247.

Sobre a importância de projetos voltados para a socialização da população, Berriel disse que é preciso “expandir os CRAS, porque eles são mal distribuídos na cidade. Algumas unidades não atendem à necessidade da região onde se encontram. Vamos reativar o programa do leite, implementado na gestão Lindbergh, que foi descontinuado pela gestão que o sucedeu, e que atendia à crianças carentes de até 6 anos de idade”.

Ainda em relação às políticas sociais, Berriel disse que educação e saúde precisam trabalhar interligadas. “Temos uma dificuldade na relação entre saúde e educação. Por exemplo, a criança que recebe o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e que tem alguma deficiência, precisa ter a sua situação de especialidade compreendida no âmbito escolar. Para isso, pretendo criar comitês escolares para desenvolver atividades para essas crianças, para que elas tenham uma assistência social plena”, explicou o candidato.

As propostas para melhorar o transporte da região, que sempre foi o “calcanhar de Aquiles” das gestões do município, incluem aumentar as linhas de ônibus, investir no transporte alternativo e duplicar algumas estradas para desafogar o trânsito em alguns pontos da cidade. “Primeiro vamos descentralizar as linhas de ônibus, para que possam atender a outros bairros do município. Vou criar o bilhete único municipal para que seja possível pegar dois ônibus no período de duas horas pagando a mesma tarifa. Também pretendo aumentar o número de vans na cidade, para criar mais opções de deslocamento para a população e duplicar algumas vias de acesso que são importantes para o fluxo do trânsito”.

Dirigente sindical dos trabalhadores da saúde pública, Berriel falou sobre suas ideias para o setor, ao ser perguntado se considera a necessidade de construção de um outro hospital na cidade. “Nós temos uma luta que finalmente está sendo vencida, que é a recuperação do Hospital Iguaçu. O atual prefeito deu mole ao permitir a instalação de um hospital de campanha, que já foi desmontado e não deixou sequer uma maca para a população, ao invés de usar esse recurso na revitalização de um hospital já existente no município. Também precisamos expandir o hospital da Posse e reativar o pleno funcionamento das UPAS, oferecendo totais condições de atendimento à população”, respondeu.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247