Secretaria municipal de Educação fecha escolas no Jacarezinho

O secretário municipal de Educação, César Benjamin, decidiu nesta segunda-feira fechar por tempo indeterminado 15 escolas localizadas na comunidade do Jacarezinho; outras 11 escolas -- duas do entorno do Jacarezinho e nove de Manguinhos -- farão horários alternativos para não expor seus alunos a riscos de tiroteios; a decisão foi tomada após prolongada reunião hoje à tarde com 26 diretores de escolas do Jacarezinho e de Manguinhos

O secretário municipal de Educação, César Benjamin, decidiu nesta segunda-feira fechar por tempo indeterminado 15 escolas localizadas na comunidade do Jacarezinho; outras 11 escolas -- duas do entorno do Jacarezinho e nove de Manguinhos -- farão horários alternativos para não expor seus alunos a riscos de tiroteios; a decisão foi tomada após prolongada reunião hoje à tarde com 26 diretores de escolas do Jacarezinho e de Manguinhos
O secretário municipal de Educação, César Benjamin, decidiu nesta segunda-feira fechar por tempo indeterminado 15 escolas localizadas na comunidade do Jacarezinho; outras 11 escolas -- duas do entorno do Jacarezinho e nove de Manguinhos -- farão horários alternativos para não expor seus alunos a riscos de tiroteios; a decisão foi tomada após prolongada reunião hoje à tarde com 26 diretores de escolas do Jacarezinho e de Manguinhos (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Jornal do Brasil - O secretário municipal de Educação, César Benjamin, decidiu nesta segunda-feira fechar por tempo indeterminado 15 escolas localizadas na comunidade do Jacarezinho. Outras 11 escolas -- duas do entorno do Jacarezinho e nove de Manguinhos -- farão horários alternativos para não expor seus alunos a riscos de tiroteios. A decisão foi tomada após prolongada reunião hoje à tarde com 26 diretores de escolas do Jacarezinho e de Manguinhos.  

O secretário esclareceu que uma equipe de assessores vai monitorar diariamente a situação da área do Jacarezinho batizada de "polígono da violência nas escolas", para decidir o momento apropriado para a reabertura das 15 unidades escolares e da volta ao horário normal das demais unidades. A equipe de assessores vai estabelecer também um cronograma de reposição das aulas perdidas pelos alunos dessas unidades escolares. 

Hoje, 4% das escolas da Rede de Ensino fecharam: 64 unidades, deixando 26.975 alunos sem aulas. Do início do ano letivo (2 de fevereiro) até hoje, 409 unidades escolas fecharam por conta da violência, prejudicando o aprendizado 145.928 estudantes. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247