CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sudeste

Secretário da Segurança de SP elabora proposta que pode aposentar 40% dos coronéis na ativa em meio a racha na corporação

A medida é interpretada como uma estratégia contra coronéis opostos ao avanço da politização na instituição militar

Guilherme Derrite (Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O secretário Guilherme Derrite (PL), da Segurança Pública de São Paulo, está elaborando um projeto de lei que propõe novas regras para a aposentadoria compulsória na Polícia Militar, conforme reportagem da Folha de S. Paulo publicada nesta segunda-feira (1). Se a medida for aprovada, cerca de 40% dos coronéis em atividade poderão ser imediatamente transferidos para a reserva.

Membros da PM e especialistas em segurança interpretam a proposta como uma tática para lidar com o grupo de coronéis que se opõem ao avanço politização nos altos cargos da instituição militar.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em fevereiro deste ano, o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) movimentou, de uma vez só, 34 coronéis da Polícia Militar de São Paulo. Na época, o número 2 da corporação, o coronel José Alexander de Albuquerque Freixo, ainda foi exonerado.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO