Sem mais leitos, secretária de Saúde de Araraquara faz apelo: "Eu peço, quase suplico, nos auxilie, se protejam"

A cidade do interior de São Paulo registrou casos da nova cepa brasileira. A taxa de ocupação de leitos de enfermagem e terapia intensiva é de 100%

Rua em Araraquara durante lockdown
Rua em Araraquara durante lockdown (Foto: Prefeitura de Araraquara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A secretária de Saúde de Araraquara, Eliane Honain, fez um apelo à população local para que se protejam, evitando assim a disseminação da Covid-19 na cidade do interior de São Paulo.

Em um vídeo postado em rede social, Honain fez o apelo: "Eu peço, quase suplico, nos auxilie, se protejam. Sem isolamento social vamos perder muitas pessoas, por isso repito, não há flexibilização de decreto. A não ser que seja para regras mais rígidas. A situação é extremamente crítica", disse, conforme reportado no G1.

A cidade passa por uma situação dramática. 100% dos leitos de enfermagem e terapia intensiva estão ocupados, e pacientes com a Covid-19 estão tendo de ser transferidos para outros municípios.

No último domingo (14), o prefeito Edinho Silva (PT) decretou um lockdown: “Araraquara vive o pior momento da pandemia. Mutações do coronavírus foram identificadas em nosso município. O alerta é de grau máximo”, disse Silva.

Araraquara é o município em São Paulo com mais casos de infecção pela cepa brasileira do novo coronavírus. Ontem (15), o secretário da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou que foram registrados 12 casos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email