“Só abro mão da minha cota quando os brancos abrirem mão de suas heranças”, afirma Patrícia Félix

A advogada, pedagoga e conselheira tutelar no Rio de Janeiro Patrícia Félix falou à TV 247 sobre a necessidade de usar a educação para tornar a sociedade mais igual e “equalizar” os direitos de todos os povos. Assista

Patrícia Félix
Patrícia Félix (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A advogada, pedagoga e conselheira tutelar Patrícia Félix, do Rio de Janeiro, falou à TV 247 que é possível, por meio da educação e principalmente da valorização dos saberes, “equalizar” o combate ao racismo de forma a tornar a sociedade mais igual.

Para Patrícia, pré-candidata a vereadora pelo PSOL, reparar os danos históricos causados pelo racismo e pela perseguição contra o povo preto deve demorar muito, mas é necessário e possível diminuir as desigualdades atuais por meio do ensino. “Tem uma máxima assim, ‘ninguém nasce racista’, mas o racismo é herdado. Quando você na cama de um hospital está parindo e toma menos anestesia porque ainda no imaginário a gente resiste a dor, é uma crueldade com o corpo da mulher preta, e a gente tem um outro lado que já nasce com privilégio. Eu acredito muito na força da educação, e acredito lógico na força da educação formal, da educação acadêmica, que é importante, mas também na valorização dos saberes”. 

“Então eu acredito que a gente vai conseguir equalizar, reparar danos vai demorar muito. Eu falo assim: eu só abro mão da minha cota se o branco abrir mão da herança dele. Se ele abrir mão da herança dele, eu abro mão da minha cota. A minha cota foi fruto da minha luta, a herança dele foi fruto de roubo e sangue do meu corpo. Não tem negociação, mas acredito que a gente consiga equalizar trabalhando essa questão educacional, tanto da elite quanto da negritude”, disse.

Em resposta à fala das cotas, a advogada Tamires Sampaio, que também participou do debate no programa Giro das 11, acrescentou: “mais ainda, só abrimos mão de nossa cota e das ações afirmativas daqui a 500 anos e se os brancos abrirem mão de suas heranças pelo mesmo prazo”.

Inscreva-se na TV 247 e assista à fala de Patrícia Félix na íntegra: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email