Até Alexandre Frota manda Bolsonaro se calar

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) entende que as declarações de Jair Bolsonaro, seu colega de partido, atrapalham o trabalho na Câmara; “Só duas vezes tivemos paz no semestre: quando o Twitter ficou fora do ar e quando ele tirou o dente”, afirmou

(Foto: Michel Jesus - Câmara)

247 - O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) não está disposto a reatar com o senador Major Olímpio (PSL-SP) ou diminuir as tensões com o seu partido. Desde que Olímpio admitiu a vonta de ver Frota fora da sigla, o deputado fez provocações e chegou a dizer que retribuiria na mesma moeda.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, Frota entende que as declarações de Jair Bolsonaro atrapalham o trabalho na Câmara dos Deputados. 

“Só duas vezes tivemos paz no semestre: quando o Twitter ficou fora do ar e quando ele tirou o dente”, afirmou. “O PSL de SP não tem nem presidente direito, vai ter conselho de ética? Mas tudo bem. Desafio ele a me levar lá. Chamo uma coletiva e, vou te falar, metade desse partido vai embora.”

O parlamentar criticou a estrutura interna do partido: “O PSL de SP não tem nem presidente direito, vai ter conselho de ética? Mas tudo bem. Desafio ele a me levar lá. Chamo uma coletiva e, vou te falar, metade desse partido vai embora”, declarou.

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247