Técnica em enfermagem que não aplicou vacina alega ‘estresse e cansaço’ e foi indiciada por peculato

A profissional foi indiciada por peculato e crime contra a saúde pública. A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói informou que a técnica de enfermagem “foi desligada do quadro de funcionários do órgão”

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A técnica de enfermagem, Rozemary Gomes Pita, foi indiciada por peculato e crime contra a saúde pública por não ter aplicado a vacina Coronavac em um idoso em Niterói, na Região Metropolitana.

Em depoimento ,ela justificou a conduta alegando que estava “extremamente cansada e estressada”. A Secretaria Municipal de Saúde informou que a profissional de saúde “foi desligada do quadro de funcionários do órgão”.

“Ela disse que não sabia explicar por que fez aquilo, que em 10 anos de profissão ela nunca tinha cometido tal deslize e não conseguiu explicar as razões de não ter aplicado o êmbolo. Inicialmente, ela alegou que estava estressada e extremamente cansada. Mas é muito difícil explicar o inexplicável”, disse o delegado, Luiz Henrique Marques Pereira, ao G1.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email