"Terça-feira vamos te matar", ameaça ex-PM contra Alexandre de Moraes

“Terça-feira (7 de setembro) vamos te matar e matar toda a sua família, seu vagabundo”, escreveu no Twitter o ex-policial

Alexandre de Moraes
Alexandre de Moraes (Foto: Reuters/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes tem sido alvo de ameaças de apoiadores de Bolsoanro. Nesta segunda-feira (6), o ex-policial militar de Minas Gerais Cássio Rodrigues Costa Souza, em uma postagem nas redes sociais, diz que vai matar o magistrado durante as manifestações do Dia da Independência.

“Terça-feira (7 de setembro) vamos te matar e matar toda a sua família, seu vagabundo”, escreveu no Twitter. O ex-policial ainda foi além. “Seu vagabundo, advogadinho de merda do PCC. Sou policial militar e nós militares te eliminaremos”, disse.

A publicação viralizou e a conta do ex-policial foi excluída definitivamente do Twitter por infringir as regras da plataforma. No entanto, a mensagem foi replicada em outros canais. O policial não colocou foto no perfil. A página apresentava apenas uma imagem do jogador de futebol Hulk, do Atlético Mineiro.

PUBLICIDADE

De acordo com reportagem do jornal Correio Braziliense, o nome de Cássio Rodrigues Costa Souza aparece no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais expedido no dia 24 de julho de 2018. O militar está na lista de policiais reformados por incapacidade física definitiva. Ele era lotado no 31º Batalhão da Polícia Militar de MG.

A Polícia Federal cumpriu nesta segunda mais um mandato de prisão no inquérito que investiga a realização de atos antidemocráticos no dia 7 de setembro. O alvo foi o bolsonarista Márcio Giovani Nique, conhecido nas redes como “professor Marcinho”. A prisão é preventiva, ou seja, sem data para terminar, e foi cumprida em Santa Catarina.

PUBLICIDADE
Ex-pm ameaça Moraes

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email