Travesti acusada de matar um desafeto por causa de peruca é condenada a mais de oito anos de prisão

O julgamento foi realizado no 3º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, no Fórum Lafayette, e o conselho de sentença foi composto por seis homens e uma mulher

www.brasil247.com -
(Foto: Marcelo Almeida/TJMG)


247 - A Justiça em Belo Horizonte condenou nesta sexta-feira (5), a oito anos e três meses de prisão, a travesti Andressa Demétrio, acusada de matar a facadas outra travesti, identificada como Samantha. A briga aconteceu por causa de uma peruca, após um show no estádio Independência. O julgamento foi realizado no 3º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, no Fórum Lafayette, e o conselho de sentença foi composto por seis homens e uma mulher. As informações foram publicadas nesta sexta pelo portal G1

No dia do show, em agosto de 2014, a acusada contou que elas tiveram um desentendimento no estádio e as duas se agrediram. Andressa afirmou que precisou de atendimento, mas continuou no evento. Fora do estádio, ela disse que foi novamente ameaçada e provocada por Samantha e outras pessoas. Depois esfaqueou a vítima.

De acordo com a denúncia apresentada à Justiça, Samantha estava com um amigo no show quando Andressa afirmou que pretendia pegar a peruca desta terceira pessoa. A vítima não concordou e teve início a discussão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Conforme a assessoria de imprensa do fórum, considerando que a ré ficou presa preventivamente, a juíza Fabiana Cardoso Gomes Ferreira decidiu que o regime inicial seja o semiaberto. Ela deu a Andressa o direito a recorrer em liberdade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email