Vereador do DEM pede aumento: “R$ 5,9 mil é salário de vendedor de laranja, de engraxate”

Após a repercussão do vídeo em que aparece reclamando do salário, Artuzinho (DEM-MG) divulgou nota afirmando que não teve a intenção de "desmerecer o trabalho do outro"

Artur Orlando da Silva
Artur Orlando da Silva (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Para o vereador Artur Orlando da Silva (DEM-MG), de Ibirité, região metropolitana de Belo Horizonte, o seu salário de R$5,9 mil mensais não é compatível com o cargo que ocupa, mas sim para um “vendedor de laranja” ou “engraxate”.

“Isso aqui é o contracheque. Eu, vereador de uma cidade com quase 200 mil habitantes, ganhar R$5,9 mil? Tem 50, 60 pessoas no meu gabinete (…) Isso não é salário de vereador, não. Isso é salário de vendedor de laranja, engraxate”, disparou Artuzinho, como é conhecido, na tribuna da Câmara Municipal de Ibirité no último dia 8.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email