Zema tem 46% contra 24% de Kalil e venceria no primeiro turno

Pesquisa Genial/Quaest mostrou oscilação dos candidatos dentro da margem de erro

www.brasil247.com - Governador Romeu Zema
Governador Romeu Zema (Foto: RENATO COBUCCI/Imprensa MG)


247 – Se as eleições em Minas Gerais fossem hoje, o atual governador, Romeu Zema, do Partido Novo, venceria em primeiro turno. "Pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta sexta-feira mostra que o atual governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), mantém larga vantagem na liderança da disputa pelo comando do segundo estado mais populoso do país. O candidato à reeleição tem 46% das intenções de voto, 22 pontos percentuais à frente do segundo colocado, Alexandre Kalil (PSD), que tem 24%", aponta reportagem do jornal O Globo.

"Na sondagem anterior da Quaest no estado, no início de julho, Zema estava 18 pontos à frente do ex-prefeito de Belo Horizonte, com 44% a 26%. Ambos oscilaram dentro da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O novo levantamento do instituto de pesquisas mostra Carlos Viana (PL) com 6%, oscilação positiva de quatro pontos percentuais, e Vanessa Portugal (PSTU) com 2%, tecnicamente empatados no limite da margem de erro. Os candidatos Marcus Pestana (PSDB) e Lorene Figueiredo (PSOL) marcaram 1% cada um", prossegue o texto. "Em um hipotético cenário de segundo turno entre Romeu Zema e Alexandre Kalil, o atual governador seria reeleito por 55% a 29%."

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email