'A luta nas ruas e na Câmara derrubará Bolsonaro', diz Gleisi após superpedido de impeachment

PT, PSOL, PSB, PDT e PCdoB, entidades e políticos como Alexandre Frota e Joice Hasselmann protocolaram nesta quarta-feira na Câmara um superpedido de impeachment contra Jair Bolsonaro

(Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR) comentou no Twitter o superpedido de impeachment contra Jair Bolsonaro protocolado na Câmara nesta quarta-feira (30). A peça é assinado por legendas como PT, PSOL, PSB, PDT e PCdoB, entidades como a Central dos Movimentos Populares (CMP), a Frente Brasil Popular, a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) e Coalizão Negra por Direitos e outros movimentos e políticos como os deputados federais Alexandre Frota (PSDB-SP) e Joice Hasselmann (PSL-SP).

Segundo Gleisi, a pressão sobre o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), dentro do Congresso e nas ruas pela abertura do processo de impeachment derrubarão o atual governo.

"Protocolamos o superpedido de impeachment de Bolsonaro. Já são mais de 100 pedidos com denúncias de crimes de responsabilidade. Tenho certeza de que a luta nas ruas, somada à luta aqui na Câmara, vai possibilitar que alcancemos nosso objetivo: que esse governo caia!", escreveu. "Só o #SuperImpeachment vai salvar o povo e o país do genocida", completou.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email