Ameaçada por neonazistas, vereadora Ana Lúcia Martins agradece apoio e diz que lutará por uma Joinville mais acolhedora

A primeira mulher negra eleita para a Câmara Municipal de Joinville participou do programa Giro das 11, com o jornalista Mauro Lopes, e falou sobre as ameaças de morte e do racismo que sofreu

(Foto: Reprodução/[email protected])
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A professora Ana Lúcia Martins (PT), primeira mulher negra eleita vereadora na cidade de Joinville, participou nesta quinta-feira (19) do programa Giro das 11, na TV 247, e falou sobre as ameaças de morte que ela sofreu de grupos neonazistas da cidade.  

Segundo Ana Lúcia, ela se preparava para celebrar a vitória histórica para a Câmara Municipal, quando teve sua página no Instagram invadida. "No dia seguinte, nos posts de comemoração dos companheiros e companheiras da nossa cidade surgem estas mensagens de um grupo que se intitula Juventude Hitlerista", disse ela. 

"O que me espanta é como esse grupo se sente à vontade e encorajado para falar com todas as letras. Foi uma mensagem direta, escrita com todas as palavras: 'avisa para ela que os fascistas disseram que ela que se cuide", disse a vereadora eleita pelo PT. 

Apesar das ameaças, Ana Lúcia afirmou que o seu mandato será de resistência e de luta por uma cidade mais acolhedora às diferenças e à pluralidade. 

Ela que foi a sétima vereadora mais votada para a Câmara de Joinville, com 3.126 votos, recebeu centenas de mensagens de apoio da comunidade do 247. 

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e assista ao Giro das 11 com Ana  Lúcia Martins:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email