Bolsonaro será embaixador para lamber botas de Trump, diz Genro

"[Eduardo Bolsonaro] Será um marqueteiro da direita radical com vocação para lamber as botas da famílía Trump e submeter o país aos desígnios dos Estados Unidos", disse a ex-presidenciável do PSOL, Luciana Genro

(Foto: Foto: Evandro Oliveira/Agência ALRS)

247 - A deputada estadual e ex-presidenciável Luciana Genro (PSOL-RS) criticou duramente a possibilidade de nomeação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como embaixador do Brasil nos Estados Unidos por seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Para ela, a nomeação de alguém sem qualificação para um posto diplomático no exterior é uma "humilhação" para os técnicos do Itamaraty.

"É uma vergonha. Enquanto os diplomatas precisam passar no processo seletivo mais difícil do país, a prova do Instituto Rio Branco, e estudar durante muitos anos até progredir lentamente por todos os degraus da carreira diplomática, Eduardo Bolsonaro cai de paraquedas na posição de embaixador apenas por ser filho do presidente", escreveu Genro, em seu site.

"Eduardo Bolsonaro não será um embaixador representando os interesses do Brasil. Será um marqueteiro da direita radical com vocação para lamber as botas da famílía Trump e submeter o país aos desígnios dos Estados Unidos", disparou a deputada estadual.

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247