“Chamar professor de maconheiro é o mesmo que chamar militar de traficante”, diz Requião sobre ofensa de bolsonaristas

"Chamar professores de maconheiros é o mesmo que dizer que os oficiais do exército brasileiro são traficantes de cocaína, por um imbecil ter transportado uma carga no avião presidencial", criticou Roberto Requião (MDB-PR) em referência à iniciativa do general Augusto Heleno, que foi ao Twitter compartilhar uma mensagem de uma usuária contra docentes

Roberto Requião
Roberto Requião (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) criticou a iniciativa do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, de compartilhar uma mensagem de uma mulher que chamou professor de maconheiro.

"Chamar professores de maconheiros é o mesmo que dizer que os oficiais do exército brasileiro são traficantes de cocaína, por um imbecil ter transportado uma carga no avião presidencial. General Heleno, deixe de dizer bobagens!", escreveu o ex-parlamentar no Twitter. 

De acordo com a mensagem compartilhada pelo general, uma mulher de 73 anos fez campanha para Bolsonaro e foi criticada por "uma mocinha feminista", que a perguntou se ela estudou história. "Minha filha, eu vivi a história. Não foi o seu professor maconheiro que me contou", respondeu.

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email