Curitiba quer sediar comício pró-Lula no dia do interrogatório a Moro

A definição pelo juiz Sérgio Moro do interrogatório de Lula para o dia 3 de maio agita os bastidores da política em Curitiba; movimentos sociais discutem nas redes sociais a realização de um comício nacional pró-Lula na capital paranaense nesse dia de "clássico"; evento seria o pontapé inicial para a deflagração de um movimento de massa visando denunciar ao mundo a perseguição e criminalização do ex-presidente, bem como o começo da caminhada para a disputa presidencial de 2018

A definição pelo juiz Sérgio Moro do interrogatório de Lula para o dia 3 de maio agita os bastidores da política em Curitiba; movimentos sociais discutem nas redes sociais a realização de um comício nacional pró-Lula na capital paranaense nesse dia de "clássico"; evento seria o pontapé inicial para a deflagração de um movimento de massa visando denunciar ao mundo a perseguição e criminalização do ex-presidente, bem como o começo da caminhada para a disputa presidencial de 2018
A definição pelo juiz Sérgio Moro do interrogatório de Lula para o dia 3 de maio agita os bastidores da política em Curitiba; movimentos sociais discutem nas redes sociais a realização de um comício nacional pró-Lula na capital paranaense nesse dia de "clássico"; evento seria o pontapé inicial para a deflagração de um movimento de massa visando denunciar ao mundo a perseguição e criminalização do ex-presidente, bem como o começo da caminhada para a disputa presidencial de 2018 (Foto: Aquiles Lins)

Por Esmael Morais, em seu blog - A definição pelo juiz Sérgio Moro do interrogatório de Lula para o dia 3 de maio agita os bastidores da política em Curitiba, local da inquisição.

Movimentos sociais discutem nas redes sociais a realização de um comício nacional pró-Lula na capital paranaense nesse dia de "clássico".

O evento seria o pontapé inicial para a deflagração de um movimento de massa visando denunciar ao mundo a perseguição e criminalização do ex-presidente, bem como o começo da caminhada para a disputa presidencial de 2018.

Em 1984, Curitiba foi palco do primeiro comício das Diretas Já.

Resta saber se o PT comprará a ideia da militância ou "afrouxará a tanga" diante de Moro.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve ser interrogado em 3 de maio, às 14h, na sede da Justiça Federal do Paraná, em Curitiba.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247