De Requião para juízes: fazem hermenêutica corporativa?

Autor de um projeto de lei que põe fim ao auxílio-moradia para juízes, procuradores e servidores com carreira de Estado, o senador Roberto Requião (MDB-PR) voltou a se manifestar sobre o assunto, ao dizer que os juízes "não podem é alterar dispositivos legais e forçarem interpretações absurdas da lei para isto. Hermenêutica corporativa? Desmoralizante"

Autor de um projeto de lei que põe fim ao auxílio-moradia para juízes, procuradores e servidores com carreira de Estado, o senador Roberto Requião (MDB-PR) voltou a se manifestar sobre o assunto, ao dizer que os juízes "não podem é alterar dispositivos legais e forçarem interpretações absurdas da lei para isto. Hermenêutica corporativa? Desmoralizante"
Autor de um projeto de lei que põe fim ao auxílio-moradia para juízes, procuradores e servidores com carreira de Estado, o senador Roberto Requião (MDB-PR) voltou a se manifestar sobre o assunto, ao dizer que os juízes "não podem é alterar dispositivos legais e forçarem interpretações absurdas da lei para isto. Hermenêutica corporativa? Desmoralizante" (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247 - Autor de um projeto de lei que põe fim ao auxílio-moradia para juízes, procuradores e servidores com carreira de Estado, o senador Roberto Requião (MDB-PR) voltou a se manifestar sobre o assunto.

"É claro que juízes tem direito de reivindicar correções nos seus salários.O que não podem é alterar dispositivos legais e forçarem interpretações absurdas da lei para isto. Hermenêutica corporativa? Desmoralizante", escreveu o parlamentar no Twitter.

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) confirmou a paralisação para o próximo dia 15 de março pela manutenção do auxílio-moradia de R$ 4,3 mil por mês. O movimento ocorrerá uma semana antes de o STF discutir a pauta no dia 22.

Requião aproveitou a rede social para criticar a política econômica de Michel Temer. "Enquanto os EUA tributam aço brasileiro em defesa da própria economia, canalhas entregam nosso pré sal e vendem Embraer", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247