Delator da Lava Jato promete devolver R$ 70 mi

Pagamento será feito pelo lobista Hamylton Padilha para validar o acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal; recuperação de dinheiro desviado aos cofres públicos só não foi maior do que o delator Pedro Barusco, ex-gerente da Petrobras, que aceitou devolver R$ 97 milhões

Pagamento será feito pelo lobista Hamylton Padilha para validar o acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal; recuperação de dinheiro desviado aos cofres públicos só não foi maior do que o delator Pedro Barusco, ex-gerente da Petrobras, que aceitou devolver R$ 97 milhões
Pagamento será feito pelo lobista Hamylton Padilha para validar o acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal; recuperação de dinheiro desviado aos cofres públicos só não foi maior do que o delator Pedro Barusco, ex-gerente da Petrobras, que aceitou devolver R$ 97 milhões (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

André Richter – Repórter da Agência Brasil

O empresário Hamylton Padilha fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) no qual se comprometeu a pagar multa de R$ 70 milhões para ressarcir a Petrobras. Padilha é um dos seis investigados na Operação Lava Jato, que se tornou réu hoje (10) por decisão do juiz federal Sérgio Moro.

De acordo com o termo de colaboração assinado com a força-tarefa do MPF, o empresário terá pena máxima de oito anos de prisão, período que poderá ser substituído por dois a cinco anos de regime domiciliar. Em troca, o empresário deverá fornecer informações aos investigadores sobre o funcionamento do esquema de pagamento de propina.

Mais cedo, Moro aceitou denúncia do MPF contra o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Jorge Luiz Zelada e mais cinco pessoas. Agora réus, eles são acusados dos crimes de corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email