Deltan: 2019 foi um ano de algumas derrotas

“No ano com o maior número de denúncias oferecidas pela Lava Jato no Paraná, chegamos a um total de 115 denúncias envolvendo 497 pessoas. 2019 foi um ano de algumas derrotas, mas de MUITO trabalho", disse o coordenador da Lava Jato, provavelmente se referindo à revelações da Vaza Jato

(Foto: Rovena Rosa/ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O procurador Deltan Dallagnol foi ao Twitter nesta quinta-feira, 19, para divulgar um balanço da operação Lava Jato em 2019 e admitiu que, apesar da quantidade de denúncias apresentadas, “foi um ano de algumas derrotas”.

“No ano com o maior número de denúncias oferecidas pela Lava Jato no Paraná, chegamos a um total de 115 denúncias envolvendo 497 pessoas. 2019 foi um ano de algumas derrotas, mas de MUITO trabalho. A Lava Jato está longe de acabar”, disse Deltan. 

Entre as derrotas da Lava Jato certamente o procurador contabiliza as revelações da Vaza Jato, feitas pelo Intercept Brasil e outros veículos parceiros, que mostraram as ilegalidades da operação a partir de diálogos dos procuradores e do ex-juiz Sérgio Moro. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247