Gleisi Hoffmann: 'eu não temo a investigação'

"O maior patrimônio que eu tenho, construído ao longo destes anos é o meu nome e a minha trajetória pública em defesa do direito das pessoas e de uma sociedade com justiça social", disse a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que foi ministra da Casa Civil no primeiro governo Dilma; acusada de obter doações por meio de Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, ela se defendeu; "Não conheço e jamais mantive contato com Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef. Reafirmo minha disposição de colaborar com todo o processo investigatório"

BRASÍLIA, DF, 22.08.2013: REUNIÃO CDES/DF - Reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), no Palácio do Planalto. Participam os ministros da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e Marcelo Neri, da Secretaria de
BRASÍLIA, DF, 22.08.2013: REUNIÃO CDES/DF - Reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), no Palácio do Planalto. Participam os ministros da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e Marcelo Neri, da Secretaria de (Foto: Leonardo Attuch)

Paraná 247 - Incluída na lista de Janot por, supostamente, obter doações eleitorais por meio de Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que foi ministra da Casa Civil no governo Dilma, se defendeu. Leia abaixo:

“Recebo a notícia desta investigação com tristeza e ao mesmo tempo com tranquilidade. Tristeza por ter meu nome envolvido em caso de corrupção. O maior patrimônio que eu tenho, construído ao longo destes anos é o meu nome e a minha trajetória pública em defesa do direito das pessoas e de uma sociedade com justiça social. E tranquilidade, porque eu não temo a investigação e terei condições de provar que nada tenho com este esquema que atacou a Petrobras. A investigação é oportunidade de esclarecimento dos fatos e espero que seja a forma de acabar com o julgamento antecipado.

Não conheço e jamais mantive contato com Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef. Reafirmo minha disposição de colaborar com todo o processo investigatório”.

Senadora Gleisi Hoffmann

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247