Glesi desabafa e aponta perseguição a Lula no TRF-4

Presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR) externa "indignação" com a denúncia, feita pelo deputado Pepe Vargas (PT-RS), de que a chefe do gabinete do presidente do TRF4, ministro Thompsom Flores, postou um abaixo-assinado pedindo a prisão de Lula e avalia quais são as medidas possíveis a serem tomadas; "Como que a gente vai confiar no Poder Judiciário se aqueles que tinham que ser isentos se comportam dessa forma? Que Poder Judiciário o presidente Lula vai encontrar no dia 24?", questiona Gleisi, em vídeo; assista

gleisi lula
gleisi lula (Foto: Gisele Federicce)

Paraná 247 - A senadora presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), postou um vídeo nas redes sociais demonstrando "indignação" com a denúncia de que a chefe do gabinete do presidente do TRF4, ministro Thompsom Flores, postou um abaixo-assinado pedindo a prisão de Lula.

A denúncia foi feita nesta sexta-feira 5 pelo deputado Pepe Vargas (PT-RS) e reproduzida pelo 247. O post foi deletado do Facebook por Daniela Tagliari Kreling Lau, como mostrou o DCM. Gleisi afirmou que avalia "quais são as medidas possíveis a serem tomadas" sobre o caso.

"Como que a gente vai confiar no Poder Judiciário se aqueles que tinham que ser isentos se comportam dessa forma? Que Poder Judiciário o presidente Lula vai encontrar no dia 24?", questionou a senadora.

"Chegamos a um ativismo político em certos setores do Judiciário que é inacreditável. Querem fazer militância entrem num partido político e façam político", protestou.

Inscreva-se na TV 247 e assista ao vídeo:

Ao vivo na TV 247 Youtube 247