Governo do Paraná tem acordo com Rússia para produção da vacina contra coronavírus

Além do Paraná, a Bahia também demonstrou interesse na vacina, que deverá seguir os protocolos da Anvisa, incluindo testagem na população

Cientistas pesquisam possível vacina contra Covid-19 em São Petersburgo, na Rússia 11/06/2020
Cientistas pesquisam possível vacina contra Covid-19 em São Petersburgo, na Rússia 11/06/2020 (Foto: Sputnik News)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo do Paraná anunciou no mês de agosto um acordo com a Rússia para a produção de uma vacina contra o novo coronavírus.

De acordo com Jorge Callado, presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), a previsão inicial é que a imunização esteja disponível no segundo semestre de 2021, informou reportagem do jornal Folha de S.Paulo. 

"É importante não queimar etapas, e a investigação [científica] é fundamental agora. Como o termo prevê estudos e validações, não vejo a possibilidade de atrasos", disse Callado. 

Segundo o secretário da Casa Civil paranaense, Guto Silva, o acordo bilateral inclui transferência de tecnologia para produção da vacina e possibilidade de importação e distribuição da imunização criada pelo país europeu para a América Latina.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247