Governo libera R$ 10 mi para construção de calçadas nas cidades

Governador Beto Richa selecionou um primeiro grupo de 31 pequenos municípios de acordo com o porte e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). As ruas pavimentadas contarão com calçadas nas duas laterais das vias, rampas de acesso, respeitando à legislação federal de acessibilidade, meio-fio, e quadras completas

O governador Beto Richa junto com o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, libera os recursos do Programa Calçadas do Paraná para 31 pequenos municípios. Curitiba, 21/08/2013. Foto: Pedro Ribas/ANPr
O governador Beto Richa junto com o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, libera os recursos do Programa Calçadas do Paraná para 31 pequenos municípios. Curitiba, 21/08/2013. Foto: Pedro Ribas/ANPr (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Governo do Estado - O governador Beto Richa liberou nesta quarta-feira (21) os recursos do Programa Calçadas do Paraná para 31 pequenos municípios. São R$ 10 milhões, a fundo perdido, para as prefeituras construírem nas ruas pavimentadas das cidades. As ruas pavimentadas dos municípios contarão com calçadas nas duas laterais das vias, rampas de acesso, respeitando à legislação federal de acessibilidade, meio-fio, e quadras completas.

A solenidade de formalização dos convênios foi no Palácio Iguaçu, com a presença dos prefeitos de todos os municípios beneficiados, do secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior; do assessor da presidência do Crea-PR e coordenador do Forum Paranaense de Acessibilidade, engenheiro Antonio Borges dos Reis, e de deputados estaduais.

É o primeiro programa desta natureza na história do Paraná e também o primeiro do País realizado por um governo estadual. “Fazemos um governo sintonizado com as pessoas e essa iniciativa é mais uma clara demonstração deste compromisso”, afirmou o governador Beto Richa.

“Nas andanças pelo interior percebi a precariedade das calçadas das cidades. Muitas vezes o poder público prepara as vias públicas para automóveis e não para as pessoas. Esse programa demonstra a sensibilidade para com as demandas da população, para garantir mais conforto e segurança aos cidadãos, principalmente idosos, pessoas com deficiência, crianças e mães com seus bebês”, afirmou Richa.

O secretário Ratinho Junior, que propôs o programa, afirmou que, com o programa, o Governo do Paraná sai à frente com uma nova maneira de pensar o município, de tratar as pessoas. “O Paraná está dando não só de ação concreta, mas de atitude”, afirmou.

O secretário afirmou que o critério usado para seleção do primeiro grupo de beneficiados foi o porte do municípios e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). “Em curto prazo poderemos estender a outras cidades”, disse Ratinho.

PRIMEIRO ESTADO –Antonio Borges dos Reis, do Crea-PR, lembrou que a reclamação das condições das calçadas nas cidades brasileiras vem de muitos anos. “Essa é uma responsabilidade que deve ser dividida entre municípios, estados e União. Não se pode jogar a responsabilidade para os moradores. O Paraná é o primeiro Estado brasileiro que oferta apoio para solucionar este problema. É uma excelente iniciativa”, afirmou Borges dos Reis.

O prefeito de Mauá da Serra, Nicolau Muniz Junior, falou sobre as péssimas condições das calçadas da sua cidade e da importância do programa para atender a população. “Hoje o povo anda na rua. Com as calçadas as pessoas terão mais segurança e conforto. É uma grande iniciativa que, de fato, demonstra a sensibilidade do governo de Beto Richa”, afirmou o prefeito.

Em Kaloré, na região Norte do Estado, a melhoria das calçadas já estava nos planos de trabalho do prefeito Washington Luiz da Silva, desde a campanha. “É uma demanda muito forte da população. Eu queria muito atender, mas com recursos só do município seria muito difícil. Esse programa do governo era tudo o que eu precisava para responder a esse anseio da minha população”, disse o prefeito.

FUNDO PERDIDO – Cada um dos 31 municípios incluídos nesta primeira etapa do programa Calçadas do Paraná receberá R$ 300 mil, a fundo perdido. Todos eles são beneficiados, também, pelo Plano de Apoio do Desenvolvimento dos Municípios (PAM), pelo qual o governo repassa R$ 150 milhões, também a fundo perdido, para as prefeituras investirem em projetos escolhidos pela população.

Cruzmaltina, por exemplo, receberá, somados os dois programas, R$ 600 mil a fundo perdido. “É um volume de recurso que ajuda muito, vai permitir atender muitos projetos solicitados pela população”, disse o prefeito José Maria Santos. Os recursos próprios de Cruzmaltina, somada arrecadação e repasses estaduais e federais, não passa de R$ 800 mil.

“O custeio com saúde e educação consome a maior parte. Não sobra para investimentos. Esse apoio do governo estadual é fundamental e beneficia diretamente a população”, disse o prefeito.

Participaram da solenidade de liberação dos recursos os deputados estaduais Artagão Junior, Jonas Guimarães, Paranhos, Pedro Lupion, Ademir Bier, Ademar Traiano, Evandro Júnior, Bernardo Ribas Carli, Alexandre Curi, Stephanes Júnior e Hermas Brandão Junior.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email