Greca: prefeitura tem dívida de R$ 1,2 bilhão

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), divulgou um balanço apontando que herdou uma dívida de R$ 1,27 bilhão. Existem débitos com a previdência dos servidores municipais, com empresas prestadoras de serviço e hospitais; “É um sentimento da minha grave responsabilidade e a minha obrigação. Se eu tomar medidas amargas, entendam que é para devolver à prefeitura a capacidade de bens e serviços”, disse o chefe do executivo municipal

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM RAFAEL GRECA
ENTREVISTA EXCLUSIVA COM RAFAEL GRECA (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), divulgou, nesta segunda-feira (30), um balanço apontando que herdou uma dívida de R$ 1,27 bilhão. Existem débitos com a previdência dos servidores municipais, com empresas prestadoras de serviço e hospitais. “É um sentimento da minha grave responsabilidade e a minha obrigação. Se eu tomar medidas amargas, entendam que é para devolver à prefeitura a capacidade de bens e serviços”, disse o chefe do executivo municipal.

O secretário municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento, Vitor Puppi, citou algumas dívidas: Empresa de limpeza urbana (R$ 121 milhões), Hospitais e serviços hospitalares (R$ 100 milhões), Obras públicas (R$ 90 milhões), merenda escolar (R$ 40 milhões), Cohab (R$ 40 milhões) e parcelamento do consórcio do lixo (R$ 30 milhões).

De acordo com as estatísticas, R$ 600 milhões estão sem empenho, ou seja, não houve uma reserva financeira para cobrir a despesa. O prefeito disse que o executivo fará cortes orçamentários. "Não podemos continuar gastando mais do arrecadamos", acrescentou. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email