Lula recebeu decisão do STF com “naturalidade”, diz advogado

“Ele já disse mais de uma vez, nas entrevistas que deu, que acredita no Supremo Tribunal Federal e recebeu com naturalidade a decisão que suspendeu a remoção dele para um presídio em São Paulo”, disse Manoel Caetano Ferreira, que se reuniu com o ex-presidente Lula após a decisão do STF

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Logo após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender a transferência do ex-presidente Lula, o advogado Manoel Caetano Ferreira deu uma entrevista coletiva a jornalistas, no final da tarde desta quarta-feira (7), afirmando que a defesa e o próprio petista esperavam por decisão favorável.

“Ele já disse mais de uma vez, nas entrevistas que deu, que acredita no Supremo Tribunal Federal e recebeu com naturalidade a decisão que suspendeu a remoção dele para um presídio em São Paulo”, disse Ferreira.

O advogado ainda afirmou que não foi feito nenhum planejamento para uma possível transferência e que a defesa focou em tentar derrubar a decisão da juíza Carolina Lebbos. “Como era de se esperar, e a defesa acreditava, o Supremo Tribunal Federal acabou, ainda que parcialmente, fazendo justiça e corrigindo o equívoco que havia sido cometido pela Justiça Federal aqui do Paraná e, por ora, suspendeu a remoção do ex-presidente Lula para um presídio comum”, declarou.

Apesar de esperar pela decisão, Ferreira falou que Lula ficou indignado com a possível transferência. “Ele estava indignado, a prisão é injusta, ele se considera e é considerado um preso político e estava indignado com mais essa injustiça”, contou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247